Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2008

Pela noite dentro...

Depois de três dias sem aqui  vir, eis-me às 4 da madrugada...pois o dormir, não abunda, nem com uma carga de ansiolíticos.

 

Nao tenho pachorra para nda!..não me apetece estar aqui...não me apetece viver!

Os outros que me rodeiam, não se apercebem do caso de gravidade!

Estou casanda, de ir para os médicos

.Num dia vou a um , no outro dia, vou a outro, no outro dia ,toca fe ir fazer análises, depois toca de ir pocura a densitometria óssea.

Tem Ostopénia.

O Médico não receitou apens sunlinhou os lugares piores, e dsse que só receitaria depois de eu falar com o meu médico dos intestinos, para saber se posso ou não tomar aquela medicação.

Antes de ontem, fui para o hospital 13:30 e só voltei de lá as 5 hoas da tarde.

 

Isto cansa,...é um desgaste enorme..só de pensar de véspera que tenho de ir ao médico.

Fico logo stressada.

É sempre a comprar medicamentos e mais medicamentos...apetecia- era deixar de tomar tudo de uma vez.!

Nem sempre o que nos estão mais perto compreendem...e por querer ou não querer, ferem-nos com palavras e acções.

Pedem desculpas...mas as palavras já foram proferidas, e a punhalada já está a sangrar....

Depois a parte psicológicama esta de rastos...estou um farrapo!...

Ontem era dia de amigas, nem me lembro.

Recebi vátios SMS, uns já abri, outros não. ; aproveito para agradecer a todos, os que enviaram, de um modo geral!

Não fui. Não quis ir.

Porque amigas há bem poucas, e eu não me sinte bem um lugares onde impera O CINISMO

Eu sou amiga das minhas amigas, durante todo o ano...não é com um ajuntamento, onde nem são amigas e depois sá cortam nas casacas de umas e outras,Vão jantar fora, e  depois vão para "boites" e muitas vezes perdem a compustura... mas sso é com elas!

Mas estamos ho tempo de muitas palavras e muitas escutas...

Quando há protagonisto, aparece-se... eu nunca fui assim, e queira Deus nunca o  venha a ser!

A minha vida tem sido um labirinto...e está defícil encontrar a porta de saída!

Mas tudo agora é "presente", e queria econtrar eco, dentro desse "presente", e só encontro um enorme vazio, na por trás da cortinas do quarto, onde apenas respiro alguns , tristes poemas..choro muitas lágrimas e desespero...

E lá no fundo o tempo a aguardar-me, um inútil clamor sem rosto, que me chama incessantemente... onde tudo acontece,onde tudo  é suave!

Um poço de respostas...com soluçõs dentro...

Não sei para onde vou, quando um dia esse clamor amarelo se transformará em clarão, e então tudo acontecerá!...

Do nascimento até à morte, da indiferença à impededade...

Tudo para quê...lamentos,desabafos, acreditar que cada vez se conhece melhor o ser humano...nada faz sentido.

Estou a chegar exaustão... já ouvi e vivi coisas, que há uns des anos trás, se alvitrassem ...eu negaria, que  não me deixaria encobrir nesse negrume...nessa dimensão pela qual hoje estou a passar.

 

Já chegou o tempo de querer estar enrolhada numa manta, com os pés numas velhas pantufas, ir arrastando o cansaço e o abanhono como se a vida fosse uma sonolência onde se cala o grito mais profundo.

Quem não sabe da" vida das palavras", não sente esta ansiedade, esta nudez e o frio e o solêncio a enrugar a pele, os dias a correrem como o caudal de um rio, destapando a s silhuteas, de mim, de nós todos

Eu sou uma Ilha Minúscula perdida, a lutar contra o Oceano Imenso...deixo cair um alágrima...um olhar!..

Não obtenho respostas...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Chicailheu às 05:24

link do post | favorito
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



mais sobre mim

Janeiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Índice

adágios

adivinhas

agradecimentos

amizade

amor

anedotas

aniversários

apontamentos

artes decorativas

as minhas músicas

até amanhã

bancos de jardim

boa noite

boa semana

boa tarde

boas recordações

bom dia

bom domingo

bom fim de semana

carnaval

coisas de que gosto

comentários

comentários ano novo

comentários da chica

comentários de natal

comentários de sábado

comentários noturnos

comentários tristes

conselhos úteis

culinária

curiosidades

datas comemorativas

desafios

destaques

dias da semana

dicas

domingo

drinks

efemérides

favoritos

feliz ano novo

feliz natal

fim de semana

fofuras

foto do dia

fotos

fotos interessantes

fotos lindas

frase de domingo

frase de hoje

frase do dia

frases

frases de natal

frases do dia

frases lindas

frases luminosas

frases noturnas

humorismo

ilha terceira

ilhas dos açores

imagem de hoje

imagem do dia

imagens lindas

janelas

janelas de natal

livros

meus textos

miminhos

miminhos de amizade

minhas músicas

minhas telas

músicas favoritas

músicas preferidas

músicas românticas

os meus poemas

outros poemas

parabéns

páscoa

pela madrugada

pela noite dentro

pensamentos

poemas

poemas de natal

preces e orações

prosas

provérbios

quadras populares

recados de natal

recordações

reflexões

retratos dos açores

sabia que

saúde

segredos de culinária

selos

texto lindo

textos

textos da chica

textos lindos

youtubes

todas as tags

Recordações

Janeiro 2017

Agosto 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

favorito

LINDAS FRASES!

LINDAS FRASES!

NELSON NED -RECADO AOS NA...

Gente e Toiros em vídeo

PENSAMENTOS

Dia Feliz!

Comentário...

"Terceirense", ferrenha!

Novidades

CRÓNICA DO DIA!

FELICIDADE1

MAIS UM FINAL DE U DIA -...

FRASE DO DIA!

OLÁ PESSOAS LINDAS.

FRASE DO DIA!

IMAGEM DO DIA!

BOM DIA!

COMEMOREI 45 ANOS DE CASA...

EU, A AUTOGRAFAR OS MEUS ...

"MEU POEMA"

Toda a vez que eu choro Há um sol que ignoro Um mundo lá fora Que não se compadece É tempo perdido E este meu ar sofrido Está de mim cansado Sempre que eu me escondo É por cobardia É esta mania de me anular O que eu tenho mesmo No fundo, no fundo… É medo de amar! CHICA
blogs SAPO

subscrever feeds