Terça-feira, 27 de Março de 2007

Boas recordações...

Desde criança, que me lembro de guardar muitas coisas. Coisas, que sem serem de importância para a maioria de outras crianças, eu já guardava. Dou o exemplo: pratas de chocolates, folhas, trevos e flores que secavam dentro dos livros, uma borboleta amarela, que sequei e acho que ainda a tenho guardada...enfim, sempre fui e sou muito "saudosista"!

Namorei o meu marido em 1965, e quando íamos ao cinema, guardava os bilhetes da sessão, guardava a prata do chocolate se ele mo oferecia!

Quando ele foi para o serviço militar., para a ilha de S. Miguel, comecei a guardar numa caixa de sapatos, as cartas de amor, que ele durante 10 meses me enviou!

Até arrumei as embalagens vazias dos maços de tabaco que ele na época fumava.

Guardei um atacador de uma bota, um cestinho feito com arbustos (rabo de gato), um pauzinho que ele com o seu canivete esculpiu o seu nome e o meu, e a palavra "Amor", e a data respectiva!

Hoje, todas estas pequenas (grandes) coisas, fazem parte das minhas doces e boas recordações!

As minhas "Cartas de Amor"!

publicado por Chicailheu às 14:00

link do post | comentar | favorito
5 comentários:
De Rosa Silva ("Azoriana") a 27 de Março de 2007 às 14:55
Tal como tu gostava de guardar, guardar... mas agora, coisas que me façam recordar, não tenho nada, mas nada que guardar... a não ser a mente que as guarda.
E também quase não guardava o que ia escrevendo e de um momento para o outro percebi que não somos mesmo nada e que basta alguém dar uma ferroada que põe tudo a perder. Estou a falar de mim, naturalmente.

Há nomes na blogosfera regional que não vou esquecer mas não vou guardar...

Eu sei que o que eu escrevo não agrada a toda a gente mas sempre pensei que as pessoas que me dizem gostar do que escrevo fossem sinceras.

Isto tudo para te dizer, amiga, que me sinto só, muito só e uma pessoa foi honesta comigo: o JNAS. Estas iniciais de um nome ficaram na memória porque disse-me tudo o que pensava sobre o que escrevo. Foi honesto e disse o que pensava mas não quis ficar com o peso na consciência de eu apagar o meu blog.

Eu é que julgava que o que escrevia agradava às pessoas de certa forma... mas afinal agrada talvez só a mim e pouco mais. Agora vou fazer de contas que escrevo para mim e basta. Quem quiser lê e quem não quiser fecha a janela do blog.

Desculpa o desabafo mas hoje com este sol e ao ver a tua linda imagem da nossa Angra do Heroísmo sinto-me feliz por ter nascido terceirense e também serretense.

Beijinhos
De Chicailheu a 27 de Março de 2007 às 17:24
Amiga
Li com muita atenção este teu longo comentário. Como sou amiga verdadeira, não digo sempre sim, às vezes digo não!
Não concordo, quando dizes que a maior parte das pessoas não gostavam do teu blog, nem do que escrevias.
Eu sempre te disse o que pensava. sou verdadeira e sincera até demais!
Sempre gostei do teu blog e muito mais do que escrevias...aliás tou foste a minha mentora!
Mas, também te alertei e tu me alertas-te para a realidade das coisas. nem toda a gente tem os meus gostos e preferências. Nunca agrdamos a todos.
Eu, embora sensível, não levo tanto a peito, como tu. escrevo o que me apetece e me dá na real veneta, e se o comentário não for favorável...passo ao largo, ou respondo também à letra. É isso que tens de fazer!!!
Quanto a te sentires triste e só, é natural,. EQuantas vezes eu me sinto assim..."perdida", como diz a florbela espanca. Tudo passa...a mágoa desaparece e das cinzas renasce a mais bela flor!
Pode contar sempre com a minha Simcera Amizade.
muitos beijinhos e toca a "blogar muito"!
Chicailheu
De maripossa a 27 de Março de 2007 às 17:01
Amiga Chica,sabes estive a pensar que tems muitas coisas parecidas comigo,mas por vezes os amigos fazem o nosso complemento,como te disse Chica este post,está uma beleza com a imagem de Angra é muito lindo,sobre a nossa amiga (collybry) para ela palmas pelo trabalho e pela amizade que ela tem para com os seus amigos,para a Açoriana para ela os meus parabéms pois temos de ser nós mesmo e dizer o que pensamos,senão a nossa liberdade nunca será a mesma pois os amigos devem gostar de nós pelo que somos e não por aparências,só assim se é amigo de verdade,já agora beijo para ela.
Para ti amiga beijinho de amizade,e sabes que sempre podes contar com a tua amiga Elisa
maripossa
De Chicailheu a 27 de Março de 2007 às 17:28
Olá amiga
Acabei de responder à Azoriana, que anda de rastos!
Muito triste e desiludida!
Mas, eu animei-a e disse algumas verdades que achei deviam ser ditas!
Obrigada pelo teu belo comentário...é como dizes: temos imenas coisas em comum. é como a letra de uma linda canção do Rui Veloso: "É muito mais o que nos une do que aquilo que nos separa!"
Beijos com muita Amizade.
Chicailheu
De Carla Silva a 28 de Março de 2007 às 09:16
Como eu entendo esta perspectiva das recordações - eu tenho imensas coisas guardadas que me lembram sempre algo de interessante. E depois das minhas filhas nascerem aí é que começei a guardar tudo que elas iam fazendo.
Beijinhos.

Comentar post

mais sobre mim

Janeiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Índice

adágios

adivinhas

agradecimentos

amizade

amor

anedotas

aniversários

apontamentos

artes decorativas

as minhas músicas

até amanhã

bancos de jardim

boa noite

boa semana

boa tarde

boas recordações

bom dia

bom domingo

bom fim de semana

carnaval

coisas de que gosto

comentários

comentários ano novo

comentários da chica

comentários de natal

comentários de sábado

comentários noturnos

comentários tristes

conselhos úteis

culinária

curiosidades

datas comemorativas

desafios

destaques

dias da semana

dicas

domingo

drinks

efemérides

favoritos

feliz ano novo

feliz natal

fim de semana

fofuras

foto do dia

fotos

fotos interessantes

fotos lindas

frase de domingo

frase de hoje

frase do dia

frases

frases de natal

frases do dia

frases lindas

frases luminosas

frases noturnas

humorismo

ilha terceira

ilhas dos açores

imagem de hoje

imagem do dia

imagens lindas

janelas

janelas de natal

livros

meus textos

miminhos

miminhos de amizade

minhas músicas

minhas telas

músicas favoritas

músicas preferidas

músicas românticas

os meus poemas

outros poemas

parabéns

páscoa

pela madrugada

pela noite dentro

pensamentos

poemas

poemas de natal

preces e orações

prosas

provérbios

quadras populares

recados de natal

recordações

reflexões

retratos dos açores

sabia que

saúde

segredos de culinária

selos

texto lindo

textos

textos da chica

textos lindos

youtubes

todas as tags

Recordações

Janeiro 2017

Agosto 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

favorito

LINDAS FRASES!

LINDAS FRASES!

NELSON NED -RECADO AOS NA...

Gente e Toiros em vídeo

PENSAMENTOS

Dia Feliz!

Comentário...

"Terceirense", ferrenha!

Novidades

CRÓNICA DO DIA!

FELICIDADE1

MAIS UM FINAL DE U DIA -...

FRASE DO DIA!

OLÁ PESSOAS LINDAS.

FRASE DO DIA!

IMAGEM DO DIA!

BOM DIA!

COMEMOREI 45 ANOS DE CASA...

EU, A AUTOGRAFAR OS MEUS ...

"MEU POEMA"

Toda a vez que eu choro Há um sol que ignoro Um mundo lá fora Que não se compadece É tempo perdido E este meu ar sofrido Está de mim cansado Sempre que eu me escondo É por cobardia É esta mania de me anular O que eu tenho mesmo No fundo, no fundo… É medo de amar! CHICA
blogs SAPO

subscrever feeds