Domingo, 18 de Outubro de 2009

Frase do Dia!

comunidade de scraps

 

Índice:
publicado por Chicailheu às 12:31

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 15 de Outubro de 2009

Feliz Dia do Professor!

recados super legais

Nunca me esqueço dos meus Mestres, que muito bem me ensinaram!

A minha Gratidão é Imensa!

 

BEM-HAJAM

publicado por Chicailheu às 08:14

link do post | comentar | favorito

Já Amanheceu!...

Já amanheceu!...

São 6 da manhã, mas estou acordada desde as 4h da matina!

Não sei o que se passa no meu cérebro, que ando com o meu "relógio" biológico todo alterado!

 

Tentei ficar quieta das 4h até às 5:30h, mas os pensamentos eram tantos e diversos que resolvi pôr-me a pé.

Não sei se daqui por um bocado me dará aquela queda...pois ando com fadiga crónica.

 

Ontem por acaso estava a ver o programa televisivo da Júlia Pinheiro, e estava muito interessada, pois o tema abordado eram de pessoas, que fisicamente tinha mal estar e de grandes proporções, e na medicina tradicional, diziam os médicos não ter mais nada a fazer.

Ora a senhora em questão é instruída, talvez acima da média, e muito espiritual.

Ela sentia que tinha algo a ver com a CHINA...mas não sabia o porquê?

Depois de muitos tratamentos, incluindo acupunctura, resolveu ir à China, e lá encontrou um MESTRE, que lhe explicou, que todo o sofrimento que ela tinha vinham dos antepassados. Mais..descobriu que uma menina que sempre visualizava (3 anos), era a mãe dela que tinha sido abandonada numa rua.

 

Eu acredito piamente, e tenho uma grande amiga que também está muito doente, e ela diz-me sempre: -Chica, nós estamos a passar por este sofrimento, pode ser de uma vida passada ou dos nossos antepassados.

 

Ora vamos lá falar nestas coisas aos senhores DRº, que por terem um "Canudo" tem a mania que sabem tudo...alguns nem parecem que estudaram para médicos, mas sim para Carniceiros!

 

Tive imenso pesar de não continuar a ouvir os seguintes entrevistados, pois cada caso é um caso, mas nesse momento o telefone tocou.

Foi uma boa surpresa.

Uma ex-colega da Universidade, com quem trabalhei nos anos 87/88/89, e que como o seu marido é militar acompanha-o para todos os lugares que ele é destacado. Acabaram de vir da Virgínia, Estados Unidos, e estão aqui na Base Aérea 4, pois o Alexandre foi promovido a Comandante desta Base, por dois anos.

Falamos um bom bocado, depois ainda trocamos endereços do Skype, e falamos mais um pouco, mas o meu SKYPE não está com bom som, ou seja eu ouço-a bem, e ela de vez em quando deixa-me de ouvir.

Esta minha amiga Paula é um amor de pessoa.

Já estive em sua casa em Montijo, ela, quando cá esteve frequentou a minha casa, e creio que nestes dois anos, vamos estar juntas bastantes vezes.

 

Tenho cartas delas guardadas, pois acho que são pequenos tesouros, e que me tocam sempre muito.

 

Foi um telefonema SURPRESA que muito me agradou!

 

 

 

Índice:
publicado por Chicailheu às 08:07

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Frase do Dia!

Índice:
publicado por Chicailheu às 07:37

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 14 de Outubro de 2009

ESCLARECIMENTO!

Quando eu escrevo o que sinto, naquele momento não penso que estou a escrever para intimidar ou apoquentar quem quer que seja, muito menos os meus amigos.

 

Há sensibilidades e sensibilidades!

 

Eu tenho esta maneira absorvente de transportar para as palavras o que sinto...seja alegria ou tristeza!

 

Ao falar na MORTE, para mim é normal, pois é o que todos temos de mais certo. O primeiro sinal de morte é o acto de nascer!

 

Eu falo demasiado, porque não a temo, temo sim, e muito o sofrimento!

 

O que me aflige e quase me leva à loucura é andar de médico em médico (feita bolinha de ping-pong), gastando as minhas forças físicas, psicológicas e monetárias, sem ver melhoras, e os anos a passarem abruptamente (quase 8 anos), e nestes longos anos o desgaste começa-se a manifestar em muitos outros aspectos , para além da doença dos intestinos!

 

O meu desespero leva-me a pedir a DEUS que se lembre de mim, pois um dia terá de ser, porque não pedir para ser o mais depressa possível?!...

 

Eu não sou de ferro, sou de carne e osso como os demais mortais...mas, cada um sofre à sua maneira!

 

Nunca pensei que um desabafo que tive "Pela Madrugada", fosse por em alvoroço alguns amigos meus!

Não foi esse o meu pensar...não quero nunca prejudicar terceiros, nem colocar ninguém em aflição por mim!

 

Desculpem os que se sentiram indispostos e preocupados.

 

Eu vou tentar redimir-me, escrevendo de outro jeito...se o conseguir?!...

 

PEÇO MIL DESCULPAS!

 

CHICA

 

 

 

 

Índice:
publicado por Chicailheu às 19:35

link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

O QUE SINTO...

Embora leiga na matéria, mas não totalmente desprovida de alguns conhecimentos, é por isso que acho que sei o que sinto!

 

DEPRESSÃO - Fisicamente a depressão aparece quando o organismo é submetido a uma nova situação, como uma cirurgia, uma infecção ou mesmo uma doença prolongada, percebida como de ameaça.

De qualquer forma, trata-se de um organismo submetido a uma situação nova (física ou psíquica), pela qual ele terá de lutar e adaptar-se, consequentemente, terá de superar.

 

ANSIEDADE - Psicologicamente, e normalmente, a Ansiedade aparece em nossa vida como um sentimento de apreensão, uma sensação de que algo está para acontecer, uma expectativa e um estado de alerta.

Quanto mais intensa, a Ansiedade é responsável por uma constante pressa em terminar as coisas ainda que começamos, um estado de "susto crónico e contínuo".

 

COMO SENTIMOS FISICAMENTE A ANSIEDADE - A Ansiedade patológica tem uma ocorrência duas vezes maior no sexo feminino e se estima que até 5% da população geral tenha algum tipo de Transtorno de Ansiedade.

Sendo a Ansiedade uma grande mobilizadora do Sistema Nervoso, neste tipo de transtorno encontramos, sobretudo, uma rica sintomatologia física.

Esta é uma razão mais que suficiente para que tais pacientes frequentemente percorram um exaustivo itinerário médico.

Sobre a sintomatologia geral da Ansiedade aumentada, comummente se observam os seguintes sintomas:

 

1 -Tremores ou sensação de fraqueza

 

2 - Tensão ou dor muscular

 

3-  Inquietação

 

4 - Fadiga Fácil

 

5 - Falta de ar ou sensação de fôlego curto

 

6 - Palpitações

 

8 - Boca seca

 

9- Vertigens e tonturas

 

10- Náuseas e diarreias

 

11 - Rubor ou Calafrios

 

12- Polacúria (urina muitas vezes)

 

13 - Sensação de bolo na garganta

 

14 - Impaciência

 

15 - Pouca concentração ou memória prejudicada

 

16 - Dificuldade em conciliar e manter o sono

 

17 - Irritabilidade

 

Tal quadro costuma estar relacionados ao Stresse Crónico, tem um curso flutuante ( vão e vêem) e tendência a cronicidade quando não tratado.

 

ESGOTAMENTO - Quando nos esgotamos?

 

O que se entende por Esgotamento, estado que resulta da persistência crónica da ansiedade exagerada, pode ter origem em duas situações; uma por questões circunstanciais e outra por situaç~es pessoais.

 

A primeira situação é quando um indivíduo emocionalmente normal tem que se adapar a um estímulo (externou ou interno) significamente importante e que persiste continuadamente.

 

O que se pode sentir no Esgotamento?

 

Diante do Esgotamento, o organismo todo pode entrara em sofrimento. É como se esgotasse não apenas suas capacidades de adaptação às diversas circunstâncias de vida mas, sobretudo, como se perdesse a capacidade de se adaptar a si mesmo.

Nesses casos de Esgotamento, há acentuado prejuizo do limiar de tolerância aos estímulos externos e acentuada inadequação ambiental.

 

Sintomas dos estados de esgotamento:

 

Dores de cabeça: cabeça, abdominais, pernas, costas, peito e outras.

 

Insónia ou sonolência excessiva

 

Desânimo, desisnteresse, apatia, fadiga fácil

 

Perda de paciência, explosividade, induietação

 

Apreensão contínua, inquietação, às vezes medo inespecífico

 

Alterações sexuais, memória, concentração, tomada de decisões

 

Tonturas, zumbidos, palpitações, falta de ar, bolo na garganta

 

Finalizando, a natureza mais forte ou mais fraca de um agente extressor dependerá não apenas do agente em si mas, sobretudo, da sensibilidade da pessoa que está experimentado esse estímulo.

 

Depois de ler  o texto ( não o postei na íntegra), achei pertinente postar, pois identifico-me com este texto em quase todos os apectos!

 

Não tenho qualquer dúvida, que estou com: Depressão/Ansiedade/Esgotamento!

 

 

Índice:
publicado por Chicailheu às 14:09

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Frase do Dia!

Índice:
publicado por Chicailheu às 14:08

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 12 de Outubro de 2009

É O AMOR - Maria Bethânia

publicado por Chicailheu às 01:47

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

AMIZADE!

Índice:
publicado por Chicailheu às 01:46

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

O Reino dos Poetas!...

Citando: -"Agostinha Bessa Luís" - «Com a Poesia aprende-se a morrer...»

 

Os Poetas vivem num reino único!

 

E, como tal, vivem fortes e inegualáveis emoções, sentem intensamente os seus amores e desamores, e sofrem profundamente as suas amarguras e dores!

 

São sensíveis...duma sensibilidade extrema, que os leva a viver brutalmente de um extremo ao outro!...

 

Não são assim porque o queiram...por vezes vivem contrariados com essa forma de viver!

Nascem e morrem, confrontando-se toda uma vida, com o Ser ou não Ser (be or not to be)...o existir ou não existir!

 

Quando escrevem, transmitem nas suas rimas  ou prosas os seus mais profundos sentimentos, qual pedaços das suas entranhas!

 

Ora num dia estão Felizes..noutros, sentem-se os Seres mais infelizes e incompreendidos que existem sobre o Planeta Terra!

 

Eu faço parte desses "Seres", e como tal escrevo o que sinto no mais íntimo do meu ser, e nos meus escritos, deixo a marca indelével do que sou...do que sinto, sobretudo do estado de espírito em que me encontro no momento exacto em que estou escrevendo, como ali deixasse as minhas impressões digitais!

 

Esta SOU EU...ora apaixonada pela vida, ora desiludida com ela!

 

Não me julguem, para não serdes julgados, afinal talvez não me conheçam tão bem  ao ponto de fazerem juízos de valor!

 

Ninguém está imune de vir a sentir o desânimo e profunda tristeza, ao passar por uma dura prova de Fogo!

 

CHICA -12-10-09

 

Índice:
publicado por Chicailheu às 01:24

link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

Janeiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Índice

adágios

adivinhas

agradecimentos

amizade

amor

anedotas

aniversários

apontamentos

artes decorativas

as minhas músicas

até amanhã

bancos de jardim

boa noite

boa semana

boa tarde

boas recordações

bom dia

bom domingo

bom fim de semana

carnaval

coisas de que gosto

comentários

comentários ano novo

comentários da chica

comentários de natal

comentários de sábado

comentários noturnos

comentários tristes

conselhos úteis

culinária

curiosidades

datas comemorativas

desafios

destaques

dias da semana

dicas

domingo

drinks

efemérides

favoritos

feliz ano novo

feliz natal

fim de semana

fofuras

foto do dia

fotos

fotos interessantes

fotos lindas

frase de domingo

frase de hoje

frase do dia

frases

frases de natal

frases do dia

frases lindas

frases luminosas

frases noturnas

humorismo

ilha terceira

ilhas dos açores

imagem de hoje

imagem do dia

imagens lindas

janelas

janelas de natal

livros

meus textos

miminhos

miminhos de amizade

minhas músicas

minhas telas

músicas favoritas

músicas preferidas

músicas românticas

os meus poemas

outros poemas

parabéns

páscoa

pela madrugada

pela noite dentro

pensamentos

poemas

poemas de natal

preces e orações

prosas

provérbios

quadras populares

recados de natal

recordações

reflexões

retratos dos açores

sabia que

saúde

segredos de culinária

selos

texto lindo

textos

textos da chica

textos lindos

youtubes

todas as tags

Recordações

Janeiro 2017

Agosto 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

favorito

LINDAS FRASES!

LINDAS FRASES!

NELSON NED -RECADO AOS NA...

Gente e Toiros em vídeo

PENSAMENTOS

Dia Feliz!

Comentário...

"Terceirense", ferrenha!

Novidades

CRÓNICA DO DIA!

FELICIDADE1

MAIS UM FINAL DE U DIA -...

FRASE DO DIA!

OLÁ PESSOAS LINDAS.

FRASE DO DIA!

IMAGEM DO DIA!

BOM DIA!

COMEMOREI 45 ANOS DE CASA...

EU, A AUTOGRAFAR OS MEUS ...

"MEU POEMA"

Toda a vez que eu choro Há um sol que ignoro Um mundo lá fora Que não se compadece É tempo perdido E este meu ar sofrido Está de mim cansado Sempre que eu me escondo É por cobardia É esta mania de me anular O que eu tenho mesmo No fundo, no fundo… É medo de amar! CHICA
blogs SAPO

subscrever feeds