Domingo, 23 de Junho de 2013

O MEU REPARO...

Eu, uma ANGRENSE de 63 anos de idade, e que amo muito a minha Mui Nobre Cidade de Angra do Heroísmo, assisti-me o dever, a moral e os bons costumes, de quando em vez fazer o "meu reparo", no que por aqui se faz; de bom e de mau!

 

No passado dia 21, sexta-feira, foi o início das Festas Sanjoaninas, começando com o Desfile de Abertura como é habitual.

 

Este ano o tema era "MAR DE EMOÇÕES", representando a alegria e emoção do seu povo, a importância das suas tradições, o resultado do seu trabalho, o amor à sua Terra.

 

Eu, por motivos de saúde, e concerteza muitos outros Terceirenses, por um motivo ou outro, vi a reportagem que foi transmitida pela RTP AÇORES, que diga-se em abono da verdade fez um óptimo trabalho.

 

Em frente à Sé, criaram um espaço, onde o Jornalista Vítor Alves ( prata da casa), fez várias entrevistas, e tanto o entrevistador como os entrevistados, estiveram à altura do acontecimento.

 

Destaco os dois entervistados que a meu ver, foram de máxima importância, não desmerecendo os restantes.

 

Foram eles o Historiador Dr. Paulus Bruno, e o artista plástico, Carlos Fagundes, que não sendo natural de cá, já vive nesta ilha há 19 anos, que deu asas á imaginação e corpo aos quatro carros e aos figurantes que fizeram parte deste mesmo Desfile.

 

Está visto que não foi ele sozinho, contou com muitos colaboradores, mas é ele que dá a cara, e ouve os comentários, nem sempre muito simpáticos...

 

No que me diz respeito, e como estava em casa, fiquei mais do que esclarecida, ,com o significado do motivo de cada Carro, e seus figurantes.

 

 

Mas...aqui fica o meu reparo!

 

Lembro-me perfeitamente e não preciso recuar há muito no tempo, em que durante todo o percurso do Cortejo, havia alguém, a relatar o significado de cada Carro, e eram postos altifalantes, nas artérias de Angra por onde é habitual passar este mesmo Cortejo; Rua da Sé, Rua de S. João Rua Direita e culminava na Praça Velha.

 

De a uns anos a esta parte esta boa prática desapareceu!

 

Ora vejamos.

 

Para a maioria dos Angrenses e Forasteiros e eram para cima de um milhar, pois a noite estava convidativa, não perceberam o significado do Cortejo, e como só era feita a Coreografia em frente à Sé, por motivos, que entendi perfeitamente, porque essa mesma coreografia era extensa e morosa, mas assim não entenderam a maioria.

 

Porque não fizeram uma prévia gravação, e colocavam nas esquinas das Ruas que já referi?

 

Dir-me-ão que os carros tinham a sua própria Banda Sonora, pois tinham, mas mal se ouviam, pois o pessoal que está nos passeios, conversam, uns balbuciam e outros falam alto...quase gritam, para se ouvirem uns aos outros.

 

Mas...havia uma outra solução, que também já foi usada, e quanto a mim funciona lindamente, que é fazerem panfletos explicativos, claro resumidamente, e distribuírem pelas pessoas!

 

Os CARROS estavam lindos, tinham imenso trabalho ( que não foi valorizado), e porquê?

 

Porque a maioria das pessoas não percebeu o seu significad, e não podemos levar a mal...

 

Por exemplo:o primeiro carro era a a popa de uma lancha, tendo como vela, uma enorme renda feita à mão, o Carro do Vulcão, não foi entendido como tal e quando os figurantes se agrupavam para fazerem a coreografia das lavas, saíam de dentro do cone do vulcão, a maioria não percebeu a coreografia.

 

O carro que trazia Santa Isabel, só em frente à Sé, pararam e apareceu os pãezinhos a serem distribuídos pelo povo, e a camareira levantava uma parte do vestido e por dentro tinha rosas.

Lembram-se de o Rei ter perguntado à esposa Isabel :-"Senhora que levai em vosso manto? E ela que era benfeitora levava o pão escondido para dar aos pobres, mas ela respondeu: São Rosas meu senhor!"

 

O Carro verde acrílico, e que trazia duas gaiolas dos toiros à corda, não foi entendido, que os verdes significavam os Cerrados do Paul, pois quando fizeram a coreografia, foi maravilhoso...mas infelizmente não foi entendido como tal.

 

O 4º e último Carro, que trazia a RAINHA, que vinha lindíssima, era um mar cheio de Gaivotas. Um carro com imenso trabalho, que infelizmente para a maioria, também não foi entendido!...

 

Nos figurantes de rua, destaco as jovens que vinham vestidas de Bandeiras do Espírito Santo, vestidos muito bem elaborados, e as flores que traziam nas coroas, na cabeça, foram todas feitas à mão, iguais às que se fazem para decorar as Verdadeiras Coroas do Divino Espírito Santo.

 

A minha alma ficou triste...porque já ouvi tantos comentários depreciativos, e choca-me a rivalidade entre Angrenses e Praienses, numa Ilha tão pequena.

 

Mas, quero lembrar aos PRAIENSES, que se a memória não me falha, há 14 anos atrás, fui ver um desfile nas Festas da Praia, em que os carros tinham sido feitos de ferro velho, retorcido e ferrugento...já não se lembram?

 

Têm a memória curta, ou não lhes convém?

 

Eu, felizmente tenho Memória de Elefante!

 

O "Meu Reparo", não pretende de forma alguma ser depreciativo, muito embora possa ser entendido (por alguns, não todos), é um reparo Construtivo, pois se há alguém que tem olhos na cara para VER, sou uma delas, e por AMAR muito a minha Cidade e apreciar e dar valor ao que de BOM por aqui se faz, eis porque achei que devia deixar estas palavras.

 

Para mim este Desfile foi mesmo um "MAR DE EMOÇÕES!"

 

Sou uma ANGRENSE orgulhosa de o SER!

 

CHICAILHEU

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Chicailheu às 08:10

link do post | favorito
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



mais sobre mim

Janeiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Índice

adágios

adivinhas

agradecimentos

amizade

amor

anedotas

aniversários

apontamentos

artes decorativas

as minhas músicas

até amanhã

bancos de jardim

boa noite

boa semana

boa tarde

boas recordações

bom dia

bom domingo

bom fim de semana

carnaval

coisas de que gosto

comentários

comentários ano novo

comentários da chica

comentários de natal

comentários de sábado

comentários noturnos

comentários tristes

conselhos úteis

culinária

curiosidades

datas comemorativas

desafios

destaques

dias da semana

dicas

domingo

drinks

efemérides

favoritos

feliz ano novo

feliz natal

fim de semana

fofuras

foto do dia

fotos

fotos interessantes

fotos lindas

frase de domingo

frase de hoje

frase do dia

frases

frases de natal

frases do dia

frases lindas

frases luminosas

frases noturnas

humorismo

ilha terceira

ilhas dos açores

imagem de hoje

imagem do dia

imagens lindas

janelas

janelas de natal

livros

meus textos

miminhos

miminhos de amizade

minhas músicas

minhas telas

músicas favoritas

músicas preferidas

músicas românticas

os meus poemas

outros poemas

parabéns

páscoa

pela madrugada

pela noite dentro

pensamentos

poemas

poemas de natal

preces e orações

prosas

provérbios

quadras populares

recados de natal

recordações

reflexões

retratos dos açores

sabia que

saúde

segredos de culinária

selos

texto lindo

textos

textos da chica

textos lindos

youtubes

todas as tags

Recordações

Janeiro 2017

Agosto 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

favorito

LINDAS FRASES!

LINDAS FRASES!

NELSON NED -RECADO AOS NA...

Gente e Toiros em vídeo

PENSAMENTOS

Dia Feliz!

Comentário...

"Terceirense", ferrenha!

Novidades

CRÓNICA DO DIA!

FELICIDADE1

MAIS UM FINAL DE U DIA -...

FRASE DO DIA!

OLÁ PESSOAS LINDAS.

FRASE DO DIA!

IMAGEM DO DIA!

BOM DIA!

COMEMOREI 45 ANOS DE CASA...

EU, A AUTOGRAFAR OS MEUS ...

"MEU POEMA"

Toda a vez que eu choro Há um sol que ignoro Um mundo lá fora Que não se compadece É tempo perdido E este meu ar sofrido Está de mim cansado Sempre que eu me escondo É por cobardia É esta mania de me anular O que eu tenho mesmo No fundo, no fundo… É medo de amar! CHICA
blogs SAPO

subscrever feeds