Sábado, 31 de Outubro de 2009

Uma História Verdadeira!

Juro por minha honra, que tudo o que vou descrever aconteceu, na minha presença, e destes dois olhos que a terra hão-de comer!

 

No passado dia 17 do corrente, fui às Urgências do Hospital de Angra, pois as dores no braço e pescoço, cada vez pioravam, após quase 1 Mês de tratamento com Brufem 600mg, Voltarem comprimidos 50 mg, e Gel-Voltaren.

 

Cheguei ao hospital pelas 16 horas. Dali a 20 minutos chamaram-me para a Triagem de Manchester.

 

Embora não concordo, popis um enfermeio pergunta onde dói, do que se queixa? À conta dessa triagem, há um mês morreu uma amiga minha com 43 anos, porque na triagem, disse ter uma dor de cabeça muito forte, puseram-lhe a pulseira sentaram-na num cadeirão, o marido ao lado, e de repente tombou e ficou. Tinha um ANEURISMA CEREBRAl, e se fosse antes desta triagem, quem sabe se tinha salvo??

 

 Voltei para a sala de estar, e por voltas das 18 horas lá me chamaram à sala 2.

 

Fiquei de pé, encostada à ombreira da porta, pois o quarto não tem dimensões para ter duas cadeiras de rodas com doentes, uma doente a levar máscara de oxigénio. outra doente a levar soro, e mais o null de serviço (muito gozão) e duas auxiliares que vinham buscaras as colheitas de sangue e urina, num corrupio, a ver quem leva mais, pois sinceramente acho que uma só era o suficiente.

 

Antes ainda fui fazer chichi para analisarem, e fui fazer RX ao ombro, parte cervical. A auxiliar era tão carrancuda, que só me pôs a alça do soutien para baixo...é claro que o RX não ficou bem, Voltou a vir descer mais a alça, e eu aí pedi-lhe educadamente que ela me ajudasse a tirar o soutien. Ela respondeu que não era preciso..nova chapa para nada e voltamos à craga:alça mais para baixo!

Eu já não via a mulher à minha frente!

 

Quando chegou a minha vez, o enfermeiro perguntou-me: -Tem medo de agulhas? Ao que lhe respondi: -Se eu tivesse escudos ou agora euros já estava milionária.

Estranhei ele tirar-me o sangue da veia por cima da mão, mas depois percebi, quando a médica disse que eu tinha de ser medicada endovenosa.

 

Quando ele acabou de tirar o sangue, já me mandava embora para a sala de espera, ao que eu reapliquei Doutora não disse que eu tinha de ser medicada?

Respondeu ele: -Muito Bem!

Respondi eu: -A palavra só deve ser proferida quando faz sentido.

Ele voltou-se para mim e voltou a dizer:-MuitoBem dito!

 

Vim para a sala de espera das 19h ás 20 horas.

 

Enquanto esperava pus-me a meditar, e a reflectir em tudo o que vi!

Ora vejamos: a começar pela porta principal, e dirigindo-me ao registo de doentes, reparei que a porta grande para a entrada de macas (que venham na ambulância, entram pela mesma porta, o que se vê da sala de estar.

Recuei no tempo, e pensei, mas isto não faz sentido!

Andamos para trás?...

Quando fui chamada para a triagem de Manchester, percebi, que aqueles dois cubículos, dividas por um fole cinzento de borracha, estavam instalados, na antiga porta de emergências.

Havia privacidade para o doente, ou sinistrado, e nós utentes não temos que estar a sofrer e ainda ver os sofrimentos dos outros.

 

No exíguo quarto, onde fui tirar sangue, tinham lá cinco doentes (contando comigo) um enfermeiro e duas auxiliares.

Pergunto eu?

Onde está a privacidade do doente? O direito a ser tratado dignamente, pois nem eu nem as outras pessoas que também estamos em sofrimento, não podemos nem devemos (está na LEI) estar a ver os outros a gemerem, a sofrerem, e outras coisa, como o caso que já anteriormente postei, de uma idosa, que estava ali cheia de fome, e eles a gozarem com ela, perguntando qual o Menú?

A senhora se calhar (o mais certo) nem sabe o que significa, e lá trouxeram um iogurto que devorou, tal era a fome, pois essa coitadita nem acompanhte tinha, e digo mais, eu saí às 20 horas e a senhora ainda lá ficou!

De tarde a velhinha gemia e bradava a sua vida, e o petulante enfermeiro, ainda lhe disse: -Cale-se lá um bocadinho que já ninguém a pode ouvir...as mulheres são todas iguais.

Não pode ficar calada e apenas lhe disse: -Dessas mulheres devem fazer parte a sua mãe e futura esposa!

 

Esses DESUMANOS, não se lembram que que eles são humanos como nós...e, hoje teu amanhã deles!

Mais... uma drª de nome ISA, entrou com a sua paciente e disse: -Enfermeiro, esta menina não pode tirar sangue sentada, tem de ser num cadeirão, senão ela desmaia.

O enfermeiro respondeu:-A Doutora Isa manda!

A médica voltou atrás e mais disse, ela não fica aqui de pé vai-se sentar numa cadeira de rodas.

Enquanto que eu estva encostada à ombreira da portaà nem sei quanto tempo, para não cair!

 

Mais vi e degradante!

 

Uma senhora entrou de cadeira de rodas, e seu acompanhate, que conheço muito bem; era sobrinho da senhora muito velhinha.

Mas..como é possível pessoas com BENS e ESTATUTOS SOCIAIS, levarem uma tia, com um robe já muito velhinho (poído), todo sujo, todo pingado, uma camisa de noite de Nylon, toda esfiapanhada, e as pantufas confundiam-se com os chinelos, mais pareciam uns pés de uma múmia!

Eu estive bem perto dessa senhora, e o cheiro era nauseabundo.

Mais uma razão para que os utentes tenham privacida...não somos rebanho, somos seres HUMANOS! 

 

Quando fui tirar a agulha da mão, ( sempre de pé) ele disse: -Desculpe de há pouco, e eu respondi: -voçê nem imagina o que este corpinho que está aqui à sua frente já sofreu, mas boca calda diz tudo, e as palavras só devem serem proferidas no momento certo e à pessoa que nos escuta!

Boa Noite! Passe Bem!

 

Escrevi este texto baseado na VERDADE , e achei pertinente divulgarm pois quem sabe todos juntos se tomássemos um posição, e não tivéssemos medos dos enfermeiros e dos senhores Doutores, talvez não aparecessem situação destas.

 

 

Mas o POVO tem medo dos Senhores Doutores, e até lhes tiram o chapéu...isso era antigamente. Os Doutores enfeiros e auxiliares trabalham porque existem DOENTES, nós é que pagamos os seus vencimentos!

 

Já pensarm bem a sério, no que acabei de escrever???

 

Estou consciente de que alguém desse meio (hospital) venha a ler, mas eu não me calo, e mesmo os médicos não levam a sua vante comigo, pois quando acho que tenho razão, respondo nem que seja ao REI!

E, A CLasse ELITISTA dos Senhores DRS. não gostam de doentes como eu..querem é o Zé Povinho (ignorante) mas um SER HUMANO igual aos outros, para fazerem deles Gato-Sapato!...

 

Gostria de ter comentários acerca destas pertinentes impressões, para receber o feedback, e assim poder avaliar quem leu, e o que comentou.

 

TENHAM UMA SANTA NOITE!

 

Índice:
publicado por Chicailheu às 04:56

link do post | comentar | favorito
12 comentários:
De Sonhosolitario a 31 de Outubro de 2009 às 08:38
olá doce amiga.Chicailheu
aqui passei para te deixar um doce beijinho
e te desejar um feliz fim de semana
e te entregar estás lindas rosas
para o teu coração alegrar.
e muita saude em teu doçe coração
sem dores.

http://fotos.sapo.pt/TeC6PVJWzsn4k3Urw3Zl/

doce beijinho
seu amigo virtual
Sonhosolitario
De Chicailheu a 1 de Novembro de 2009 às 20:39
Adorei a sua visita e amei as suas lindas rosas brancas. Amanhã vou postar a imagem já legendada!
Boa noite e tudo de bom.
Beijokas doces.
Chicailheu
De Carla a 31 de Outubro de 2009 às 21:12
Minha querida amiga, é com grande pesar que li o teu post e todos os outros que postaste anteriormente. Eu nem imagino sequer o que estás a passar. =( Realmente, ainda não tinha pensado muito a sério nisso. Nós costumamos louvar muito os médicos mas a realidade é que já não existem médicos como antigamente. E se os há, devem ser uma minoria. Talvez até esteja a exagerar mas a verdade é que são muito poucos os médicos que são verdadeiros com os seus pacientes e se preocupam realmente. Temos os médicos gozões, os que são muito simpáticos mas que nós nos apercebemos que são apenas sorrisos amarelos, médicos resmungões e mecânicos. Médicos que apenas querem receber o seu dinheiro ao fim do mês e mais nada. E os doentes? Bem, os doentes que se queixem menos, que se arranjem, que se curem sozinhos porque não é nada com eles (médicos). A saúde em Portugal está às portas da morte e não há médicos que cuidem dela. Mas tudo isto deve-se à educação, à educação que ensina os seus alunos a serem médicos apenas no papel. Médicos com muita teoria, com muito boas notas mas sem a mínima vocação para a profissão. Antigamente um médico sabia o que as pessoas tinham e os exames que fazia eram mesmo necessários. Havia preocupação com o doente. Era capaz de demorar uma, duas horas (talvez esteja a exagerar, não sei bem) com o doente e não se preocupava com isso. O único objectivo que tinha era descobrir o problema do doente e ajudá-lo a livrar-se dele o mais rápido possível.
Os enfermeiros também eram atenciosos, preocupavam-se com os pacientes, estavam lá para o que eles precisassem. Emocionavam-se com os doentes mais carenciados...
O que retrataste minha querida amiga é a realidade dos hospitais de hoje. O profissionalismo dos homens e mulheres que trabalham na saúde. São os médicos, auxiliares e enfermeiros que saem das faculdades preveligiadas de Medicina... gente que não tem espírito humano. Somos um país de Drs.... Drs. mecânicos e ocos!

Desejo-te um bom fim-de-semana. =D

Image (http://www.glimboo.com/)
De Chicailheu a 1 de Novembro de 2009 às 20:50
Olá Carla
À quanto tempo não aparecia por aqui!
Está tudo bem contigo e família?
Espero que sim.
Quanto ao que dizes comentando o meu post, tudo isso infelizmente é uma "nossa" realidade.
Mas ainda há quem diga o contrário. Devem ser os amiguinhos dos Doutores que passam à frente de todos e os que estão na sala de espera que aguentem uma tarde inteira.

É o que temos na "Nossa Saúde em Portugal!"

Beijokas e aparece mais vezes.
Fica bem.
Chicailheu
De Carla a 3 de Novembro de 2009 às 00:17
Olá Chica!
É verdade, não tenho vindo aqui. =/
Comigo está tudo bem e com os pais também. Está tudo na santa paz. =D Estamos todos a rezar por ti e a desejar as melhoras. ;)

Beijos meus e dos pais**

Adoramos-te!!!
De espectadora atenta a 1 de Novembro de 2009 às 02:31
Passo a citar:

a começar pela porta principal, e dirigindo-me ao registo de doentes, reparei que a porta grande para a entrada de macas (que venham na ambulância, entram pela mesma porta, o que se vê da sala de estar.


Mentira! as macas agora entram directamente para o antigo S.O. (Sala de observação) não entram pela mesma porta que os restantes utentes, ou seja não se vê da sala de espera.! Quem não sabe cala-se!
Ou não reparou que agora as ãmbulancias param noutro sitio? Na descida depois de passar o parque?
De Chicailheu a 1 de Novembro de 2009 às 11:02
Olá, bom dia,espectadora atenta
Eu quando disse que a porta grande era na porta central das traseiras do Hospital, foi porque depois de ter ido à triagem de Manchester, perguntei a uma utente na sala de espera e, ela respondeu-me que era por essa mesma porta que entravam as ambulâncias.
Confiei na informação, pois graças a Deus não sou daquelas que por tudo e por nada estão lá sentadas muitas vezes só para veren quem entra e sai e é uma boa maneira de mexericar na vida alheia.
Também afirmo, que passei lá a tarde, e também graças a Deus não vi vhegar nenhuma ambulância, o que já foi muito bom!

Só o que me irrita, é pessoas como a senhora não se identificarem..tem medo de si, ou da sua sombra!
Eu dou a cara para o bem e para o mal e admito os meus erros!

Tenha um Bom Dia de Pão por DEUS!
Chicailheu
De espectadora atenta a 2 de Novembro de 2009 às 18:58
Olá

Em resposta à sua resposta, não me identifico porque não tenho blog no sapo nem em outro sitio nenhum porque ninguem precisa saber nada da minha vida, ao contrário de outros que contam tudo e mais alguma coisa. E porque havia de dar um nome? Quem lhe garantia que era verdadeiro? Afinal ah tantas Marias no mundo... tanto quanto "chicas" e lembre-se que ah sempre alguém pior do que si!

Cumprimentos
De Manuela a 1 de Novembro de 2009 às 14:37
Amiga Chica o que aqui conta não se passa em Lisboa, pelo menos no Hospital de Santa Maria que é onde vou visitar pessoas ou´já fui quando precisei com a familia, que tem o serviço Nacional de saúde, onde entram as ambulâncias ficam noutro lado da sala de doentes.
Realmente é desagradável ver entrar acidentados e doentes vários, mas é um hospital, e quanto a gozarem com as pessoas isso sempre houve e há-de haver.
Aqui também há muito disso e não só nos hospitais públicos, nos privados ou clinicas, gozam muito com as pessoas e fazem esperar horas e horas.
É assim o nosso Portugal.
Abraço e as melhoras.
Manuela
De Chicailheu a 1 de Novembro de 2009 às 20:42
Amiga Manuela.

Eu sei que o que descrevi, não se passa só neste Hospital !...
Mas este está a rebentar pelas costuras, dum quarto fazem 4 cubículos e assim por diante!
Já existe um projecto aprovado para se fazer um novo Hospital de Angra...só que vai levar tempo, pois nenhuma Obra Pública é feita no devido tempo!
Obrigada pela visita.
Muitos beijinhos
De Gusty a 1 de Novembro de 2009 às 16:29
ola amiga chica, pois eu não tenho que dizer do atendimento sns.
Fui operada na semana passada e fui mt bem atendida e acarinhada.
Estou bem.
Por vezes os utentes têm que perceber que estão num hospital e não num hotel.
Tudo de Bom
Gusty
De Chicailheu a 1 de Novembro de 2009 às 20:45
Olá Gusty
Ainda bem que já foi operada, e se está em casa é porque tudo correu bem!
Eu sei que um Hospital não é um HOTEL, mas nem 8 nem 80!
Os atendimentos são péssimos, gozam com as pessoas, e as mais idosas são tratadas como trapos velhos e sei do que falo, porque vejo e ouço!
Comigo eles não fazem farinha...sou leiga na matéria mas não sou burra nem idiota.

Boas melhoras.
Fique bem.
Beijinhos e amizade
Chicailheu

Comentar post

mais sobre mim

Janeiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Índice

adágios

adivinhas

agradecimentos

amizade

amor

anedotas

aniversários

apontamentos

artes decorativas

as minhas músicas

até amanhã

bancos de jardim

boa noite

boa semana

boa tarde

boas recordações

bom dia

bom domingo

bom fim de semana

carnaval

coisas de que gosto

comentários

comentários ano novo

comentários da chica

comentários de natal

comentários de sábado

comentários noturnos

comentários tristes

conselhos úteis

culinária

curiosidades

datas comemorativas

desafios

destaques

dias da semana

dicas

domingo

drinks

efemérides

favoritos

feliz ano novo

feliz natal

fim de semana

fofuras

foto do dia

fotos

fotos interessantes

fotos lindas

frase de domingo

frase de hoje

frase do dia

frases

frases de natal

frases do dia

frases lindas

frases luminosas

frases noturnas

humorismo

ilha terceira

ilhas dos açores

imagem de hoje

imagem do dia

imagens lindas

janelas

janelas de natal

livros

meus textos

miminhos

miminhos de amizade

minhas músicas

minhas telas

músicas favoritas

músicas preferidas

músicas românticas

os meus poemas

outros poemas

parabéns

páscoa

pela madrugada

pela noite dentro

pensamentos

poemas

poemas de natal

preces e orações

prosas

provérbios

quadras populares

recados de natal

recordações

reflexões

retratos dos açores

sabia que

saúde

segredos de culinária

selos

texto lindo

textos

textos da chica

textos lindos

youtubes

todas as tags

Recordações

Janeiro 2017

Agosto 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

favorito

LINDAS FRASES!

LINDAS FRASES!

NELSON NED -RECADO AOS NA...

Gente e Toiros em vídeo

PENSAMENTOS

Dia Feliz!

Comentário...

"Terceirense", ferrenha!

Novidades

CRÓNICA DO DIA!

FELICIDADE1

MAIS UM FINAL DE U DIA -...

FRASE DO DIA!

OLÁ PESSOAS LINDAS.

FRASE DO DIA!

IMAGEM DO DIA!

BOM DIA!

COMEMOREI 45 ANOS DE CASA...

EU, A AUTOGRAFAR OS MEUS ...

"MEU POEMA"

Toda a vez que eu choro Há um sol que ignoro Um mundo lá fora Que não se compadece É tempo perdido E este meu ar sofrido Está de mim cansado Sempre que eu me escondo É por cobardia É esta mania de me anular O que eu tenho mesmo No fundo, no fundo… É medo de amar! CHICA
blogs SAPO

subscrever feeds