Quarta-feira, 15 de Janeiro de 2014

OS MEDOS DE INFÂNCIA

Medos na Infância
 
Inês Marques*
 
O medo faz parte do processo de desenvolvimento – os medos são esperados e têm um efeito normativo e estruturante. É por isso importante que durante os primeiros anos de vida do filho, os pais compreendam que a existência de receios é previsível. Assim, os pais devem evitar envolver-se nos receios típicos de certas idades, como forma de evitar o seu agravamento. Naturalmente, o adequado não é fazer com que a criança se sinta ridicularizada! Contudo, não podendo eliminar os medos, os pais podem ajudar as crianças a relativizá-los, a melhor contactar com eles e de algum modo a aprender com os medos.
 
No primeiro ano de vida é comum o bebé sentir medo de ruídos muito fortes e de alturas. Também nesta fase pode começar a assisitr-se ao receio de separação das figuras de vinculação – cuidadores de referência para a criança com que foi estabelecido um forte laço afectivo. Posteriormente podem surgir medos de tempestades naturais e de pequenos animais. Na idade pé-escolar é comum encontrar crianças com medo do escuro, de seres imaginários (monstros, bruxas ou fantasmas) e de ficarem sós (medo da morte dos pais). À medida que a criança cresce e se aproxima da adolescência surgem receios associados a situações sociais – avaliações, relacionamentos, guerras.
 
No seu livro “O grande livro da criança”, T. Berry Brazelton avança algumas formas de ajudar as crianças a dominar os medos.
 
- Ouvir e respeitar o que quer que seja que a criança diga acerca dos seus receios.
 
- Apoiar a criança nos seus esforços para descobrir maneiras de dominar os medos.
 
- Ajudar a criança a compreender os motivos que estão por detrás do seu medo.
 
- Tranquilizar a criança dando-lhe a conhecer o facto de que todas as crianças da sua idade têm medos. E porque não falar dos seus próprios medos enquanto criança e de como os conseguiu ultrapassar?
 
Embora os medos façam parte do crescimento de um ser humano, importa estar alerta para o caso destes começarem a interferir no estilo de vida da criança/família, como por exemplo na manifestação de incapacidade para fazer amigos, ou se os mesmos persistirem por longos periodos de tempo. Neste tipo de situações poderá ser conveniente procurar o apoio de um especialista, por exemplo o pediatra da criança.
 
Pense sempre que a criança confia em si, pelo que a sua atitude nestas situações poderá ser a chave para a criança sentir força e segurança para viver e ultrapassar os medos típicos do seu crescimento.

 

Índice:
publicado por Chicailheu às 18:17

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 8 de Junho de 2013

LAÇOS ETERNOS...

(CONTINUAÇÃO)

 

- Oito noites para recordar um revigorante triunfo sobre a adversidade, uma persistência teimosa quando a crença derrota a lógica.

Que filosofia de vida?

Imagine-se transpor essa mesma abordagem para o tricô.

Arriscar, abraçar desafios, esperando ansiosamente que tude resulte.

Considere-se a loucura de experimentar um ponto já bastante trabalhoso, a grata sensação de satisfação quando se vê as malhas a encaixar e tudo bater certo.

A vitória do sucesso.

 

- Algures, por entre a emoção de rasgar papéis de embrulho e decorar figurinhas, está um dia dedicado à família, aos relacionamentos e à estima.

Tal como cada presente feito à mão - cada peça de tricô, cada ponto - codifica uma mensagem secreta de devoção.

Tricotar é simplesmente uma expressão de amor.

 

(Xertos do livro; -" Laços eternos)

 

CHICA

 

Índice:
publicado por Chicailheu às 20:06

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 3 de Janeiro de 2013

AMIGOS DO PEITO!

AMIGOS DO PEITO

 

São aqueles que sentimos afinidades  

Que nos despertam saudades  

Que conhecem a nossa realidade!  

Amigos do peito  

São aqueles que se tornam especiais  

Que se fazem essenciais  

Nos ouvindo quando necessitamos falar  

Nos calando quando necessitamos ouvir  

Nos estimulando quando pensamos em desistir  

Nos amparando quando achamos que vamos cair!  

Amigos verdadeiros do peito  

São aqueles que se entristecem com nossas derrotas  

Que se sentem felizes com as nossas vitórias  

Que caminham lado a lado na mesma direção  

Sempre nos impulsionando  

Quando a vida parece perder a razão  

Amigos do peito  

São amigos queridos,  

Jamais esquecidos  

E mesmo quando ausentes  

Eles se tornam presentes  

Porque estão bem dentro do peito

 No nosso coração  

 

Índice:
publicado por Chicailheu às 21:49

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 18 de Junho de 2012

A VIDA É UM DRAMA

A Vida é um Drama

 

Porque a vida, individual ou colectiva, pessoal ou histórica, é a única entidade do universo cuja substância é o perigo.

 

Compõe-se de peripécias.

 

É, rigorosamente falando, drama.


 (...) Nós não nos demos a vida, mas esta nos é dada; encontramo-nos nela sem saber como nem por quê; mas do facto de que ela nos é dada resulta que temos de fazê-la nós mesmos, cada um a sua.


 (...) A cada minuto precisamos de decidir o que vamos fazer no minuto seguinte, e isto quer dizer que a vida do homem constitui para ele um problema permanente.
 
Ortega y Gasset, in "A Rebelião das Massas" e "O Livro das Missões"

Índice:
publicado por Chicailheu às 19:29

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 17 de Junho de 2012

A ENTREGA!

A entrega!!!
 
Mostra-me um sorriso e ganhe o código da minha alma
 Mostra-me a tua intenção e eu te devolverei dobrado
 Mostra-me teu carinho que te respondo com amor
 Mostra-me teu semblante alegre e eu te dou a participação da minha felicidade
 Mostra-me tua mão amiga e eu te dou meu coração
 Mostra-me tuas virtudes e eu te mostrarei benignidade da minha alma
 Mostra-me tua imaginação e eu te darei o tesouro que em mim habita
 Mostra-me a tua boa vontade e eu te recompensarei com atenção dobrada
 Mostra-me a beleza que existe na tua alma, e eu te mostrarei minha admiração
 Mostra-me teu caráter, e eu te mostrarei os meus sonhos
 Mostra-me o teu sonho e eu te mostrarei que juntos fica mais fácil realizar
 Mostra-me a intenção do teu coração e eu serei seu complemento
 Mostra-me a tua bondade eu te mostrarei minha temperança
 Mostra-me a grandeza que há em ti e serei teu aluno
 Mostra-me tua compreensão e te revelarei meu caráter
 Mostra-me tua bondade eu te darei mansidão
 Mostra-me tua sinceridade e eu te darei abrigo em meu coração
 Mostra-me o perfume da rosa que exala de ti, e eu te darei as chaves das comportas do amor que tenho em minha alma
 Mostra-me a simplicidade, e eu depositarei meu sono suave nos teus braços
Mostra-me tua paciência e eu te darei minha vida
 Mostra-me a excelente grandeza da tua alma, e dedicarei o meu tempo para ti
 Mostra-me a tua indignação eu te revelarei minha decência
 Mostra-me a tua demora, eu te mostrarei minha paciência
 Quando em tudo e por tudo a mim te revelar, certamente que me revelaste a responsabilidade dobrada de pagar o preço por te aceitar.
 Quando em tudo e por tudo a mim te revelar, então estará lançado o desafio de me por no teu lugar.
 Quando em tudo e por tudo a mim te revelar, então brilharei com a magnitude do aprendizado no dia a dia, e na escola da mestra em humildade para o conhecimento manter, esforço para ser um bom aluno.
 “Lamento; não fará o tempo desperdiçado com as ilusões da vida, trazer do aniversario passado à felicidade para o futuro”.

 

Autor: Gerson Lagoa
 

 

 

 

Índice:
publicado por Chicailheu às 22:51

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 31 de Maio de 2012

A VIDA É UM DRAMA

A Vida é um Drama

 

Porque a vida, individual ou colectiva, pessoal ou histórica, é a única entidade do universo cuja substância é o perigo. Compõe-se de peripécias. É, rigorosamente falando, drama.
 (...) Nós não nos demos a vida, mas esta nos é dada; encontramo-nos nela sem saber como nem por quê; mas do facto de que ela nos é dada resulta que temos de fazê-la nós mesmos, cada um a sua.
 (...) A cada minuto precisamos de decidir o que vamos fazer no minuto seguinte, e isto quer dizer que a vida do homem constitui para ele um problema permanente.
 
Ortega y Gasset, in "A Rebelião das Massas" e "O Livro das Missões"

Índice:
publicado por Chicailheu às 12:25

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 18 de Maio de 2012

A VIDA ESCUTA-SE COM A ALMA

O Amor liberta; a Paixão amarra; a paixão inclui sentimento de posse, o amor respeita a realidade do outro sem interferir nela; a paixão estreita os horizontes mentais de quem nela se acha envolvido, porque tem tendência a fixar-se obsessivamente no ser amado, enquanto o amor impele para a plenitude da vida, dado o suporte que ele é, abrindo caminhos de liberdade; o amor une interiormente, porque acolhe o outro na sua realidade própria, permitindo com isto que ele seja cada vez mais ele mesmo; a paixão tendo em conta um factor de união física e psíquica, não acolhe o outro senão sob  condição de que ele satisfaça os instintos e necessidades de quem o quer.

 

O amor proporciona alegria sem qualquer reverso; a paixão dando lugar a empolgantes sentimentos agradáveis, é acompanhada da ansiedade de não se poder possuir o objecto amado.

 

Alia-se aqui o prazer à dor.

 

O amor é eterno, porque tem a ver com uma forma de se olhar o mundo,já integrada na personalidade de quem ama,, enquanto a paixão morre quando as expectativas são frustradas ou os sentimentos avassaladores desaparecem!

 

Estrato de um texto do livro: "A VIDA ESCUTA-SE COM A ALMA!"

 

CHICA

Índice:
publicado por Chicailheu às 09:30

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 17 de Maio de 2012

TEXTO - A FORÇA DA VONTADE

A Força da Vontade

 

Tudo vence uma vontade obstinada, todos os obstáculos abate o homem que integrou na sua vida o fim a atingir e que está disposto a todos os sacrifícios para cumprir a missão que a si próprio se impôs.

 

Atento ao mundo exterior, para que não falte nenhuma oportunidade de pôr em prática o pensamento que o anima, não deixa que ele o distraia da tensão interna que lhe há-de dar a vitória; tem os dotes do político e os dotes do artista, quer modelar o mundo segundo o esquema que ideou.

 

Não se trata, claro, de um triunfo pessoal; em história da cultura não há triunfos pessoais; ou a vontade é pura e generosa, nitidamente orientada ao bem geral, ou mais cedo, mais tarde, se há-de quebrar contra vontades de progresso mais fortes que ela.

 

Que o querer tenha sua origem e seu apoio em coração aberto à nobreza, à beleza e à justiça; de outro modo é apenas gume fino e duro de faca; por isso mesmo frágil, na sua aparente penetração e resistência.

 

Vontade inteligente, e não manhosa, altruísta, e não virada ao sujeito, pedagógica, e não sedenta de domínio; a esta pertencem os séculos por vir: é a voz a que surgem; a outra estabelece os muros que ainda tentam defender o passado.
 
Agostinho da Silva, in 'Considerações'

 

Índice:
publicado por Chicailheu às 21:49

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 7 de Março de 2012

A SAUDADE E A DISTÂNCIA

A SAUDADE E A DISTÂNCIA
 
A distância geográfica não atrapalha uma amizade
 O que atrapalha é o coração fechado, magoado
 Coração aberto, tempo e distancia não conta.
 Mas o que conta é o afeto, a cumplicidade que se tem
 Não importa a cor ou qualquer outra diferença
 O que importa é que você esteja no meu coração
 E só sairá quando pedir para eu abrir a porta
 A distancia não afasta e sim aproxima
 Dá vontade de ver o brilho nos olhos
 O sorriso dos lábios
 De conhecer os pensamentos
 De saber o que você tem feito
 De perguntar como vai você?
 A distancia não significa esquecimento
 Mas sim um ate breve, ate qualquer momento
 A distancia me ensina a perceber que as amizades
 Brotam nos lugares que menos esperamos
 Ou imaginamos..
 A distancia também nos faz conhecer pessoas
 maravilhosas e especiais...Assim como você!!
Adoro meus amigos do fundo do coração

Índice:
publicado por Chicailheu às 22:12

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 12 de Fevereiro de 2012

QUE ME OLHES NOS OLHOS

"Que me olhe nos olhos quando falo.


 Que ouça as minhas tristezas e neuroses com paciência.


 Preciso de alguém, que venha brigar ao meu lado sem precisar ser convocado; alguém Amigo o suficiente para dizer-me as verdades que não quero ouvir, mesmo sabendo que posso odia-lo por isso.


 Neste mundo de céticos, preciso de alguém que creia, nesta coisa misteriosa, desacreditada, quase impossivel de encontrar: A Amizade.
 Que teime em ser leal, simples e justo, que não vá embora se algum dia eu perder o meu ouro e não for mais a sensação da festa.
 Preciso de um Amigo que receba com gratidão o meu auxílio, a minha mão estendida.


 Mesmo que isto seja pouco para as suas necessidades.


 Preciso de um Amigo que também seja companheiro, nas farras e pescarias, nas guerras e alegrias, e que no meio da tempestade, grite em coro comigo:
 "Nós ainda vamos rir muito disso tudo"


 Não pude escolher aqueles que me trouxeram ao mundo, mas posso escolher o meu Amigo.


 E nessa busca empenho a minha própria alma, pois com uma Amizade Verdadeira, a vida se torna mais simples, mais rica e mais bela..."


 Charlie Chaplin

Índice:
publicado por Chicailheu às 19:01

link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim

Janeiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

::HORAS CERTAS::

::MÚSICA DO BLOGUE::

:: LINK-ME ::

:: CONTADOR ::

contador de acesso grátis

Índice

adágios

adivinhas

agradecimentos

amizade

amor

anedotas

aniversários

apontamentos

artes decorativas

as minhas músicas

até amanhã

bancos de jardim

boa noite

boa semana

boa tarde

boas recordações

bom dia

bom domingo

bom fim de semana

carnaval

coisas de que gosto

comentários

comentários ano novo

comentários da chica

comentários de natal

comentários de sábado

comentários noturnos

comentários tristes

conselhos úteis

culinária

curiosidades

datas comemorativas

desafios

destaques

dias da semana

dicas

domingo

drinks

efemérides

favoritos

feliz ano novo

feliz natal

fim de semana

fofuras

foto do dia

fotos

fotos interessantes

fotos lindas

frase de domingo

frase de hoje

frase do dia

frases

frases de natal

frases do dia

frases lindas

frases luminosas

frases noturnas

humorismo

ilha terceira

ilhas dos açores

imagem de hoje

imagem do dia

imagens lindas

janelas

janelas de natal

livros

meus textos

miminhos

miminhos de amizade

minhas músicas

minhas telas

músicas favoritas

músicas preferidas

músicas românticas

os meus poemas

outros poemas

parabéns

páscoa

pela madrugada

pela noite dentro

pensamentos

poemas

poemas de natal

preces e orações

prosas

provérbios

quadras populares

recados de natal

recordações

reflexões

retratos dos açores

sabia que

saúde

segredos de culinária

selos

texto lindo

textos

textos da chica

textos lindos

youtubes

todas as tags

Recordações

Janeiro 2017

Agosto 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

favorito

LINDAS FRASES!

LINDAS FRASES!

NELSON NED -RECADO AOS NA...

Gente e Toiros em vídeo

PENSAMENTOS

Dia Feliz!

Comentário...

"Terceirense", ferrenha!

Novidades

OS MEDOS DE INFÂNCIA

LAÇOS ETERNOS...

AMIGOS DO PEITO!

A VIDA É UM DRAMA

A ENTREGA!

A VIDA É UM DRAMA

A VIDA ESCUTA-SE COM A AL...

TEXTO - A FORÇA DA VONTAD...

A SAUDADE E A DISTÂNCIA

QUE ME OLHES NOS OLHOS

:: BLOGS ::

- Maripossa Azoriana Blog
Azoriana Blog
O Blog da Joanina
O Blog da Joanina
Photobucket

"MEU POEMA"

Toda a vez que eu choro Há um sol que ignoro Um mundo lá fora Que não se compadece É tempo perdido E este meu ar sofrido Está de mim cansado Sempre que eu me escondo É por cobardia É esta mania de me anular O que eu tenho mesmo No fundo, no fundo… É medo de amar! CHICA
blogs SAPO

subscrever feeds